Textos

Calma, já tá acabando...

10:16 Drika Rili 0 Comments



Hoje é o dia da minha colação de grau, o dia do fim quase definitivo da faculdade. Eu queria dizer que estou feliz e ansiosa, mas não é bem assim. Estou tensa e só quero que tudo acabe logo, não posso dizer que tive as melhores experiências durante os meus quatro anos de faculdade, e as coisas não ficaram mais fácil agora que estou pra me formar, talvez estejam até piores e talvez seja por isso que eu tenha dado uma sumida. Quem diria que sair da faculdade fosse mais difícil do que entrar, mas não posso dizer que não estou feliz, só que está tudo tão corrido e complicado que eu nem consigo aproveitar o gostinho da felicidade.

Não me arrependo do meu curso, já estou até trabalhando na área e gosto muito do que faço, mas nesse caminho eu fiz más escolhas e, mesmo que nossos professores do ensino médio nos diga que vai ficar tudo bem com o que você escolher para a sua vida, más escolhas podem sim influenciar sua carreira, mas não quero assustar ninguém, só acho que devemos pensar bem nas nossas escolhas para o futuro, e talvez eu não tivesse tanta maturidade para escolher algo tão sério quando eu tinha dezessete anos. Sinto que deixei de aprender demais, ou melhor, estou aprendendo mais agora do que nos últimos quatro anos, mas não posso me queixar de tudo. Por vezes tive ótimos professores que me abriram os olhos não só para os estudos, mas para a vida. Aliás, o apoio de um educador pode valer mais do que você imagina durante a sua caminhada.

Agora faltam em torno de dez horas para a colação de grau da turma de Publicidade e Propaganda e até agora eu não tenho certeza se eu vou subir naquele palco e pegar o meu diploma hoje. Reflexo das más escolhas. Mas eu sei que, se for hoje, vou me sentir totalmente agradecida por tudo o que eu passei, mas profundamente aliviada por tudo ter acabado. Mas ok, se eu não conseguir hoje, eu conseguirei em agosto, até porque não tenho nenhuma pendencia na faculdade, também não tenho muito a quem impressionar subindo naquele palco apenas para simbolizar o fim.

Quando eu era mais nova eu imaginava todos os meus amigos soltando balões e confetes quando chamassem o meu nome, a gente imagina cada coisa quando é mais novo (queria ainda ser mais nova, o gosto da esperança vale a pena). Hoje eu sei que não vai ser bem assim, mas quem se importa estará lá, e sei que tem gente que não pode ir mas está torcendo para que tudo dê certo, e tem até gente lá dentro se esforçando para que eu esteja lá e que possa subir no palco com confiança.

Ok, chega de queixas, isso foi só um desabafo. Tive momentos únicos, conheci pessoas maravilhosas e gostei mais da minha fase da faculdade do que do ensino médio. Talvez sem os meus erros de trajeto eu não seria quem sou agora, não teria essa mentalidade. Quando tudo vem fácil demais, a gente não dá valor, não é mesmo? É, finalmente acabou, estou quase formada, sou uma publicitária que trabalha na área e logo estarão me entregando o tão sonhado diploma. No fim, a gente sabe que valeu a pena, e eu não me arrependo de nadinha... Mas ufa, ainda bem que acabou!

You Might Also Like

0 comentários: